Mar à Vista: rede de monitoramento das praias oceânicas do município do Rio de Janeiro

0
1

Coordenadora: Flavia Moraes Lins de Barros

Resumo:

O projeto Mar à Vista propõe a construção de uma rede de observação in loco e avaliação das modificações geomorfológicas das praias e das condições do mar na orla oceânica da cidade do Rio de Janeiro. A rede será formada por usuários das praias do município, pertencentes a diferentes categorias sócio-profissionais (inicialmente, bombeiros guarda-vidas, surfistas e barraqueiros). O monitoramento de praias arenosas associado a dados das condições do mar é de suma importância para a melhor compreensão da dinâmicas dos ambientes costeiros, bem como de sua capacidade de recuperação ou resiliência aos eventos de ressaca do mar e às mudanças climáticas. No entanto, levantamentos contínuos e de longa duração demandam enorme esforço e, em virtude da irregularidade e da perspectiva unilateral com que são realizados, não permitem apreender a complexidade dos processos geomorfológicos envolvidos e tampouco estimar seus efeitos sobre os diferentes usos associados às praias.Um dos principais resultados do projeto consiste na construção de uma base de dados georreferenciada que, além de subsidiar pesquisas científicas relacionadas à geografia marinha e à geomorfologia costeira, estará disponível para o público em geral, de forma gratuita, por meio de uma plataforma digital na internet.

Objetivos:

Produzir informações contínuas e de longa duração sobre a morfodinâmica das praias e as condições do mar na orla oceânica do município do Rio de Janeiro, entre o Leme e Guaratiba, de forma participativa e descentralizada, de modo a subsidiar pesquisas científicas e contribuir para o aperfeiçoamento da gestão costeira integrada e para o aumento da resiliência dos ambientes costeiros aos eventos de ressaca e às mudanças climáticas.